UOL Notícias Notícias
 

28/02/2010 - 12h53

Tempestade Xynthia deixa pelo menos 22 mortos no oeste da Europa

Pelo menos 22 pessoas morreram em consequência da grande tempestade Xynthia, que atingiu Portugal e Espanha com chuvas e ventos fortes, e que neste domingo passa pela França, provocando inundações e cortes de eletricidade que já afetam mais de um milhão de pessoas.

A França, com 18 mortos, é o país com o maior número de vítimas da tempestade, considerada uma das mais violentas desde 1999, segundo informações divulgadas pelas autoridades das regiões central e oeste.

Sete pessoas morreram afogadas no departamento de Vendée (oeste), enquanto outras cinco faleceram na região vizinha de Charente-Maritime, entre elas um menino de 10 anos. Duas pessoas morreram no Loire Atlântico (oeste), e no departamento de Yonne (centro) um homem faleceu atingido por uma viga que se soltou com o vento.

Mais duas vítimas fatais foram registradas em Oloron-Sainte-Marie, nos Pirineus Atlânticos (sudoeste), intoxicadas com os gases de um gerador elétrico que tentavam ligar depois que o fornecimento de energia foi cortado.

Ainda na noite de sábado, a primeira vítima da tempestade foi um homem que morreu ao ser atingido por um galho em Luchon (sudoeste).

Na manhã deste domingo, o alerta vermelho havia sido suspenso, mas o vento continuava suspenso com grande força no norte da França.

Nas regiões oeste e central, um milhão de casas estão sem energia elétrica, informou à AFP um porta-voz da Electricité de France (EDF).

Violentas inundações foram registradas no litoral ao sul do porto de La Rochelle, onde muitos moradores se refugiaram no telhado de suas casas devido ao nível da água.

Em Paris, todos os parques e cemitérios foram fechados por precaução.

A sudoeste da capital, no parque do Palácio de Versailles, o vento derrubou cerca de 30 árvores.

A Air France anunciou o cancelamento de 70 dos 700 voos que partiriam ou chegariam neste domingo ao aeroporto Roissy-Charles de Gaulle.

Além disso, 1.200 caminhões pesados permanecem bloqueados em várias estradas, principalmente no sudoeste da França, devido ao fechamento das passagens para a Espanha por causa do mau tempo.

A tempestade, que se formou no Oceano Atlântico, chegou no sábado ao litoral português com menos violência que o previsto, mas provocou uma vítima: uma criança, que morreu na queda de uma árvore em Paredes (noroeste).

Na Espanha, a tempestade Xynthia deixou três mortos. Uma mulher de 82 anos faleceu no sábado ao cair de um muro na localidade de Vilar de Barrio, na Galícia (noroeste), enquanto dois homens, de 51 e 41 anos, morreram na província de Burgos após bater de carro contra uma árvore que caiu na estrada.

Os meteorologistas estimam que Xynthia deixará a França em direção à Bélgica, de onde seguirá para a Holanda e depois para a Escandinávia.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,71
    3,168
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,12
    68.634,65
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host