UOL Notícias Notícias
 

01/03/2010 - 13h23

Abusos sexuais cometidos por clérigos são investigados na Holanda

A Ordem dos Salesianos de Dom Bosco, na Holanda, anunciou nesta segunda-feira a realização de uma investigação sobre abusos sexuais cometidos por religiosos contra alunos de um colégio interno de Arnhem (leste da Holanda).

"A Ordem dos Salesianos de Dom Bosco decidiu abrir uma investigação", declarou à AFP Herman Spronck, padre superior da ordem, que foi diretor do estabelecimento em questão, o colégio de internos Don Rua de Heerenberg (leste), fechado desde 1971.

Três vítimas foram identificadas, acrescentou.

O início da investigação ocorre depois que um jornal holandês publicou na sexta-feira o testemunho de um ex-aluno que sofreu abusos sexuais no colégio Dom Rua.

"Nossa primeira preocupação são as vítimas. Têm o direito de que seja reconhecido o mal que foi feito a eles", disse Spronck, ressaltando que os crimes estão prescritos.

A investigação, que será realizada pela missão consultiva episcopal Ajuda e Direito, deverá determinar se outros alunos também foram vítimas de abusos sexuais. O colégio tinha entre oitenta e cem alunos de 12 a 18 anos por ano letivo entre 1958 e 1971.

Em sua próxima reunião, no dia 9 de março, a conferência episcopal holandesa decidirá se é necessário ampliar a investigação para outras ordens religiosas e outros colégios, segundo o sacerdote.

A Ordem dos Salesianos de Dom Bosco foi fundada em 1859 pelo sacerdote italiano Giovanni Bosco e tem cerca de 16.000 clérigos no mundo, 55 deles na Holanda.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host