UOL Notícias Notícias
 

01/03/2010 - 11h28

Hamas prolonga prisão de jornalista britânico detido em Gaza

As autoridades judiciais do Hamas prolongaram por 15 dias a prisão de um jornalista britânico preso no dia 14 de fevereiro na Faixa de Gaza, controlada pelo movimento islâmico, informou nesta segunda-feira o advogado do repórter.

"O tribunal militar central prolongou por 15 dias a prisão de Paul Martin, para poder finalizar a investigação", afirmou à AFP Sharhabil al-Zaim.

O jornalista britânico foi detido por motivos de segurança que não foram detalhados, acrescentou o advogado, que assistiu nesta segunda-feira a audiência do cliente.

O ministro do Interior do Hamas, Ehab al-Ghossein, afirmou em um comunicado que Martin é acusado de "violar a lei palestina e atentar contra a segurança da Faixa de Gaza".

As autoridades britânicas expressaram preocupação com a prisão e afirmaram estar em contato com sua família.

A Associação da Imprensa Estrangeira (FPA), que supervisiona os jornalistas em Israel e nos territórios palestinos, exigiu a liberação imediata de Paul Martin, que trabalha como jornalista free lance na região há cinco anos.

Ele foi detido quando testemunharia no juizado em Gaza para um amigo palestino acusado de "colaboração com Israel".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    15h39

    0,53
    3,164
    Outras moedas
  • Bovespa

    15h42

    0,65
    65.525,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host