UOL Notícias Notícias
 

01/03/2010 - 12h00

Irã não coopera no âmbito nuclear, afirma diretor da AIEA

O Irã não coopera suficientemente com a Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) na investigação sobre as polêmicas atividades nucleares da República Islâmica, afirmou nesta segunda-feira em Viena o diretor-geral do organismo da ONU, Yukiya Amano.

"A agência segue garantindo que o material nuclear declarado no Irã não seja desviado, mas não podemos confirmar que esse material seja dedicado a atividades pacíficas porque o Irã não forneceu à agência a cooperação necessária", afirmou Amano no discurso de abertura do conselho de ministros da AIEA.

Desde fevereiro de 2006, a AIEA e o Conselho de Segurança da ONU estudam o caso iraniano. As potências ocidentais temems que Teerã deseje produzir armamento nuclear.

Amano, que assumiu o cargo em dezembro, também afirmou que a proposta feita em outubro por Estados Unidos, Rússia e França, com a mediação da AIEA, permanece válida. A oferta consistía em trocar fora do Irã o urânio levemente enriquecido iraniano por combustível para o reator de pesquisas de Teerã.

"Acredito que isto garantiria a continuação das operações do reator de pesquisas de Teerã e serviria como medida para gerar confiança", completou na abertura da reunião de quatro dias.

Pouco depois, em Genebra, o chanceler iraniano Manucher Motaki respondeu que o país coopera com a agência da ONU.

"A República Islâmica coopera plenamente com a AIEA e isto vai continuar", respondeu Motaki à imprensa ao ser questionado sobre as declarações de Amano.

Ele fez a afirmação à margem da sessão plenária do Conselho de Direitos Humanos da ONU.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,73
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,00
    65.010,57
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host