UOL Notícias Notícias
 

02/03/2010 - 06h50

China insiste em esforços diplomáticos com o Irã

A China voltou a repetir nesta terça-feira que ainda existem possibilidades para os esforços diplomáticos na questão nuclear iraniana, 24 horas depois da Rússia ter manifestado disposição de examinar novas sanções contra Teerã

"Acreditamos que continuam existindo possibilidades para os esforços diplomáticos e as partes envolvidas deveriam aumentar os esforços", disse o porta-voz do ministério das Relações Exteriores, Qin Gang.

A China, que tem direito de veto no Conselho de Segurança da ONU e mantém vínculos econômicos estreitos com o Irã, não para de repetir a defesa do prosseguimento do diálogo, apesar de ter votado a favor das três resoluções precedentes da ONU contra o aliado, em 2006, 2007 e 2008.

No momento, Pequim é o único dos cinco membros permanentes do Conselho de Segurança decididamente contrário a novas medidas contra Teerã, depois que Moscou mudou de posição.

O presidente russo Dmitri Medvedev afirmou na segunda-feira que seu país estava disposto a pensar na aplicação de sanções.

Os países ocidentais suspeitam que o Irã deseja produzir armamento atômico sob a fachada de um programa nuclear civil, o que Teerã nega.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host