UOL Notícias Notícias
 

05/03/2010 - 16h26

Grécia não precisa de ajuda financeira por enquanto, afirma Angela Merkel

A chanceler alemã Angela Merkel estimou nesta sexta-feira após um encontro com o primeiro-ministro grego George Papandreou, em Berlim, que a Grécia não precisa atualmente de ajuda financeira e que a estabilidade da zona euro está "assegurada".

"A Grécia não pediu ajuda financeira", declarou a chanceler em uma coletiva de imprensa ao lado do primeiro-ministro grego.

"A estabilidade da zona euro está garantida. Estou inclusive otimista e a Grécia não fez o pedido de ajuda financeira, acrescentou.

Os dois dirigentes evocaram a amizade entre os dois países e, em especial, os milhares de turistas alemães que viajam à Grécia. Papandreou chegou a Berlim em meio a um clima hostil.

A imprensa local mostra uma opinião pública alemã amplamente oposta a qualquer ajuda financeira à Grécia. O jornal mais lido do país, o Bild, apresentou o governo de Atenas como esbanjador e corrupto.

Papandreou respondeu secamente à acusação em uma entrevista nesta sexta-feira ao jornal Frankfurter Allgemeine Zietung: "Os gregos não têm a corrupção nos genes, assim como os alemães não têm o nazismo", disse.

Poucas horas antes da reunião entre Papandreou e Merkel, o ministro alemão de Economia, Rainer Bruderle, havia afirmado que seu país não daria um centavo à Grécia.

"Papandreou disse que não queria um centavo, mas de todas as formas, o governo alemão não dará um centavo", declarou Bruderle.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host