UOL Notícias Notícias
 

06/03/2010 - 17h44

Atentados de 11 de setembro são 'uma grande mentira', diz Ahmadinejad

O presidente iraniano Mahmud Ahmadinejad qualificou neste sábado os atentados de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos de "uma grande mentira" utilizada como pretexto para invadir o Afeganistão, informou a imprensa estatal iraniana.

"O 11 de setembro foi uma grande mentira que abriu caminho para a invasão do Afeganistão, com o pretexto de combater o terrorismo", declarou o presidente, segundo os meios de comunicação oficiais.

Hostil nas relações com os EUA, Ahmadinejad pôs em xeque a tragédia cometida por membros da Al-Qaeda, na qual morreram cerca de 3 mil pessoas.

O presidente da República Islâmica também afirmou que os ataques aéreos contra as torres gêmeas do World Trade Center em Nova York eram "um roteiro e uma ação complexa dos serviços secretos".

Estas declarações foram feitas no momento em que os EUA pressionam os membros do Conselho de Segurança da ONU para que votem a favor de novas sanções contra o regime iraniano, devido ao seu plano nuclear.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,28
    3,182
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,29
    64.676,55
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host