UOL Notícias Notícias
 

07/03/2010 - 16h14

Milhares de pessoas protestam contra o aborto em Madri

Milhares de pessoas que se opõem ao aborto participaram de uma manifestação neste domingo em Madri para protestar contra a recente adoção na Espanha de uma lei que legaliza a interrupção voluntária da gravidez.

Os manifestantes pediram a anulação da lei que autoriza as mulheres espanholas a abortarem livremente até a 14ª semana de gravidez. Essa lei é fortemente criticada pelos meios conservadores e pela Igreja Católica, que apoiou esta manifestação.

"A lei do aborto é um crime de Estado", indicavam alguns cartazes exibidos na manifestação convocada por cerca de 200 grupos contra o aborto na Espanha.

A marcha percorreu o centro de Madri, da Praça de Cibeles até a Porta do Sol, onde os organizadores leram um manifesto contra a lei, que entrará em vigor em 5 de julho.

Na Porta do Sol, os organizadores leram um manifesto contra a lei, que entrará em vigor no próximo 5 de julho.

O aborto "pressupõe a morte violenta de um ser humano e um terrível drama para a mulher", diz a declaração.

 

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,48
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,53
    75.604,34
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host