UOL Notícias Notícias
 

08/03/2010 - 13h54

Secretário de Defesa americano faz visita-surpresa ao Afeganistão e prevê "violentos combates" contra talebãs

As forças internacionais têm pela frente "violentos combates" contra os talebãs no Afeganistão, advertiu o secretário de Defesa americano, Robert Gates, em sua chegada a Cabul para uma visita surpresa.

Enquanto isso, o general americano Stanley McChrystal, chefe das forças internacionais no Afeganistão, anunciou que o próximo objetivo da Otan é "tomar o controle" de Kandahar.

"Sem dúvida alguma, há uma evolução positiva, mas diria que ainda é cedo demais" para se manifestar, declarou Gates aos jornalistas pouco antes de aterrissar em Cabul.


As forças internacionais e afegãs devem contar com "combates muito violentos e com dias ainda muito difíceis", afirmou Gates, segundo o qual, é preciso "fazer ainda mais".

A Otan e o Exército afegão lançaram há três semanas a operação Mushtarak (Juntos) em Marjah, na província de Helmand, bastião dos talebãs no sul do país.

É a primeira visita do chefe do Pentágono desde o lançamento desta operação, a maior ofensiva da Otan e das forças afegãs desde a queda dos talebãs em 2001.

Gates examinará os resultados preliminares da ofensiva com o general Stanley McChrystal, que disse que, depois de Mushtarak, o próximo objetivo da Otan será Kandahar.

Gates quer informações "sobre a campanha em andamento, não só em Marjah, como também sobre as próximas etapas na primavera, no verão e no outono (hemisfério norte)".

"Evidentemente, vamos tomar o controle de Kandahar", disse McChrystal aos jornalistas.

Segundo Gates, a Otan terá os meios militares necessários para esse objetivo até o mês de julho.

 

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host