UOL Notícias Notícias
 

08/03/2010 - 19h50

Zapatero: debate sobre solvência da Espanha é "injustificado"

O chefe do governo socialista espanhol, José Luis Rodríguez Zapatero, afirmou nesta segunda-feira que todo debate sobre a solvência da Espanha é "injustificado" e que a situação financeira do país é sólida.

Por outro lado, reafirmou, em entrevista à TV pública espanhola TVE que a economia espanhola, que atravessa uma forte crise com mais de 4 milhões de desempregados, vai retomar "o crescimento e a criação de empregos no fim deste ano ou no início de 2011".

Perguntado sobre a situação financeira da Espanha, que preocupa os mercados financeiros, à luz do ocorrido na Grécia, Zapatero afirmou que se trata de um "debate injustificado".

Ele afirmou, ainda, que a dívida pública espanhola se situa atualmente em cerca de 60% do PIB, ou seja, "20 pontos abaixo da média europeia", e que não há motivo para temores, apesar do agravamento dos déficits orçamentários.

Zapatero disse estar convencido de que o aumento do IVA (imposto sobre o valor agregado) de 16% para 18%, previsto para meados de 2010 e muito criticado pela oposição, não comprometerá uma eventual recuperação econômica.

Também insistiu várias vezes em que a atual crise econômica é "a mais grave em 80 anos" na Espanha e no resto do mundo, e que ninguém "pôde antecipá-la".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host