UOL Notícias Notícias
 

09/03/2010 - 09h43

Mulheres tiram a roupa para protestar contra presidente Calderón no México

Cinco mulheres ficaram nuas na segunda-feira à noite dentro da Câmara dos Deputados, na capital mexicana, para pedir a revogação do mandato do presidente Felipe Calderón, informou a agência de notícias do Legislativo do México.

"Nos despimos para desnudar o governo de Calderón", indicava um cobertor exibido pelas nudistas que gritavam "fora Felipe Calderón", frase que também foi escrita em seus corpos, indicou a Notilegis, agência legislativa de notícias.

As mulheres entraram na Câmara com a ajuda de Gerardo Fernández Noroña, deputado do Partido do Trabalho (esquerda) e se manifestaram nuas com capuzes negros para não serem identificadas.

Elas protestaram em nome do "Comitê Nacional Civil para a Revogação de Mandato" do presidente Felipe Calderón e pediram uma consulta nacional em maio, acrescentou a Notilegis.

Em seu manifesto, as manifestantes se referiram às mulheres assassinadas em Ciudad Juárez, às presas de consciência, às estupradas pelo Exército em operações de combate às drogas e às que são proibidas de abortar.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,67
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,31
    75.990,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host