UOL Notícias Notícias
 

10/03/2010 - 19h46

Bill Clinton e Gates defendem aprovação de projeto para a saúde no mundol

O ex-presidente americano, Bill Clinton, e o fundador da Microsoft, Bill Gates, participaram nesta quarta-feira de uma audiência numa Comissão do Senado dos Estados Unidos para pedir a aprovação da Iniciativa Mundial para a Saúde (GHI, na sigla em inglês) - uma ação de apoio mundial ao setor.

Os dois homens falaram em nome de suas respectivas organizações, a Fundação William J. Clinton e a Fundação Bill e Melinda Gates.

O projeto GHI, lançado no Fórum de Davos em 2002, tem como objetivo combater doenças como a Aids, a tuberculose, a malária e enfermidades causadas pela subnutrição.

Se aprovado pelo Congresso, os Estados Unidos financiariam o projeto com até 63 bilhões de dólares em seis anos.

"Apoio firmemente a Iniciativa para a Saúde Mundial", disse o ex-presidente dos Estados Unidos. "Acredito que o projeto esteja bem delineado. Concentra-se no desenvolvimento de sistemas (de saúde)" nos países mais pobres, afirmou na Comissão de Assuntos Exteriores do Senado.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host