UOL Notícias Notícias
 

10/03/2010 - 10h31

Dissidentes chineses e criadores da Internet candidatos ao Nobel da Paz

Dissidentes chineses, a ONG russa Memorial, a Estação Espacial Internacional (ISS) e os criadores da Internet estão entre os indicados deste ano, em um total de 237 candidatos - um novo recorde -, ao Prêmio Nobel da Paz.

"O número definitivo de candidaturas é de 237, incluindo 38 organizações", declarou à AFP o diretor do Instituto Nobel de Oslo, Geir Lundestad.

"É o maior número da história", disse.

O recorde anterior, de 205 candidatos, era de 2009, ano em que o prêmio foi concedido, para surpresa geral, ao presidente dos Estados Unidos Barack Obama.

Vários dissidentes chineses aparecem entre os postulantes, entre eles o intelectual Liu Xiaobo, condenado recentemente a 11 anos de prisão por subversão, depois de ter participado na redação da "Carta 08", um texto que pede a democratização da China.

A ONG russa de defesa dos direitos humanos Memorial também está entre os indicados pelos esforços para a proteção das liberdades na Rússia.

Também aparecem na lista os três homens que criaram a internet, os americanos Larry Roberts e Vint Cerf e o britânico Tim Berners-Lee.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,95
    3,157
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h28

    -1,26
    74.443,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host