UOL Notícias Notícias
 

11/03/2010 - 06h54

Japão não aceita proibição do comércio do atum vermelho

O Japão anunciou nesta quinta-feira que é contrário à proibição do comércio do atum vermelho do Atlântico, proposta apoiada por União Europeia (UE) e Estados Unidos.

"O objetivo da Convenção de Washington (ou CITES: a organização da ONU responsável pela proteção das espécies em perigo) é proteger as espécies ameaçadas e impedir sua extinção, mas não acredito que o atum vermelho entre nesta categoria", declarou o porta-voz do governo japonês, Hirofumi Hirano.

A UE decidiu na quarta-feira apoiar, como os Estados Unidos, a proibição do comércio internacional do atum vermelho, o que equivaleria a interromper a pesca industrial do pescado, muito apreciado na elaboração do sushi.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host