UOL Notícias Notícias
 

11/03/2010 - 06h48

Netanyahu lamentou anúncio sobre colônias a Biden

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, afirmou ao vice-presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, que lamenta a decisão de anunciar durante a visita deste o projeto de construção de 1.600 casas para colonos judeus em Jerusalém Oriental.

"O primeiro-ministro conversou com o vice-presidente Biden e disse que lamentava o momento mal escolhido para o anúncio", afirma um comunicado divulgado pelo gabinete de Netanyahu.

O ministério israelense do Interior anunciou na terça-feira o projeto de construção de 1.600 casas para colonos em Ramat Shlomo, bairro judeu ortodoxo que fica na área oriental de Jerusalém, que nunca teve anexação por Israel em 1967 reconhecida pela comunidade internacional.

O anúncio provocou uma grave crise diplomática com o governo americano, em plena visita de Biden a Israel e Cisjordânia, e a revolta dos palestinos, que decidiram não retomar o diálogo com os israelense se o projeto for mantido.

O secretário do gabinete ministerial de Israel, Tzvi Hauser, já afirmara que o anúncio durante a visita do vice-presidente americano foi um erro.

"Este anúncio durante a visita de Biden foi um erro. Levou a um fracasso e não deve se repetir", declarou Hauser, antes de completar, no entanto, que a construção em Jerusalém Oriental prosseguirá "em função das necessidades".

chw-agr/fp

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host