UOL Notícias Notícias
 

11/03/2010 - 11h05

Suécia aprova extradição de acusado de roubo de placa de Auschwitz

Um tribunal de Estocolmo aprovou nesta quinta-feira a extradição para a Polônia do neonazista sueco Anders H¶gstr¶m, para que seja julgado pelo roubo do letreiro "O trabalho nos liberta" da entrada do antigo campo nazista de extermínio de Auschwitz.

"O tribunal de Estocolmo decidiu que deve ser extraditado para a Polônia", declarou à AFP a promotora Agnetha Hilding Qvarnstr¶m.

"Tem três semanas para apresentar um recurso de apelação Se a decisão for definitiva, as autoridades polonesas deverão buscá-lo em um prazo de 10 dias", explicou.

O suspeito, de 34 anos, detido em fevereiro na capital sueca, é acusado na Polônia de "incitação ao roubo" do letreiro, crime que chocou o país.

A frase fundida em ferro foi encontrada alguns dias depois e cinco pessoas foram detidas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host