UOL Notícias Notícias
 

13/03/2010 - 15h55

Milhares de manifestantes protestam contra Berlusconi na Itália

Dezenas de milhares de pessoas foram às ruas de Roma, neste sábado, para participar de uma manifestação contra o chefe de governo italiano, Silvio Berlusconi, convocados pelos partidos da oposição, comprovou uma jornalista da AFP.

A Piazza del Popolo (Praça do Povo), cenário tradicional das manifestações da oposição, estava lotada. Os organizadores estimaram os presentes em 200.000 pessoas.

A multidão agitava balões multicoloridos: com as cores da bandeira italiana para o Partido Democrático (PD, o principal da oposição), de Pierluigi Bersani; vermelhos para o CGIL (o principal sindicato); brancos para a Itália dos Valores (IDV), do ex-juiz anticorrupção Antonio Di Pietro.

Muitos jovens exibiam lenços violeta, a cor dos contrários a Berlusconi.

"Basta!", diziam os muitos cartazes exibidos.

Um manifestante, mais original, escreveu em um cartaz: "eleitores do PDL (partido de Berlusconi), votem em Ali Babá, assim pelo menos saberão que haverá apenas 40 ladrões".

Neste país, onde o futebol é uma paixão, alguns viraram a casaca, declarando seu amor pelo Manchester United, que na quarta-feira derrotou o AC Milan, de Berlusconi, aos gritos de "Vamos Manchester!".

Durante as eleições regionais de 28 e 29 de março, "diremos que outra Itália é possível, combateremos Berlusconi", disse Bersani, para quem "Berlusconi não diz mais nada ao futuro do nosso país".

"A agenda deste país está nas mãos de uma única pessoa que faz as leis para si e seus aliados", denunciou, fazendo um apelo a se "colocar o trabalho, a escola e a saúde no centro da campanha regional. Defendamos nossos valores", afirmou.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host