UOL Notícias Notícias
 

14/03/2010 - 11h54

Assessor de Obama afirma que democratas terão os votos para a reforma da saúde

A maioria democrata no Congresso terá os votos necessários para aprovar a reforma do sistema de saúde proposta pelo presidente Barack Obama, afirmou neste domingo o principal assesor da presidência, David Axelrod.

"Acredito que teremos os votos para aprovar a reforma", declarou Axelrod em entrevista ao canal CNN.

"É uma luta, mas penso que estamos no caminho correto", disse Axelrod.

A Câmara de Representantes pode aprovar no próximo fim de semana o projeto de lei, que já recebeu o 'sim' do Senado.

O presidente promulgaria em seguida a lei. Mas a Câmara de Representantes, e mais tarde o Senado, devem aprovar uma série de emendas à lei para incorporar as exigências dos representantes democratas.

Questionado sobre os detalhes que ainda provocam dúvidas em algunos congressistas democratas para aprovar a reforma - a questão do estatuto dos trabalhadores sem documentos, o financiamento do aborto com recursos públicos), Axelrod se mostrou otimista.

"Penso que até o fim de semana, estes problemas estarão esclarecidos. Formaremos uma coalizão para aprovar o texto", completou.

A reforma do sistema de saúde espera levar cobertura médica a 31 milhões de americanos que não recebem atendimento. Também proibirá os planos de saúde de recusar cobertura a pessoas previamente doentes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h39

    0,23
    3,274
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h41

    1,36
    63.514,76
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host