UOL Notícias Notícias
 

14/03/2010 - 22h29

Ingrid Betancourt é premiada por sua luta e liderança

Ingrid Betancourt, a política franco-colombiana que passou sequestrada mais de seis anos pela guerrilha das Farc (Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) antes de ser resgatada em 2008, foi uma das quatro mulheres premiadas por sua liderança, informaram neste domingo os organizadores dos prêmios DVF, criados pela estilista Diane von Furstenberg.

Ex-senadora e ativista anticorrupção, Betancourt foi homenageada no sábado na primeira edição de entrega dos prêmios DVF, e recebeu a honraria das mãos da atriz americana, Meryl Streep.

A cerimônia foi celebrada à margem de uma conferência internacional que reuniu mulheres influentes do mundo da política, dos meios de comunicação, do cinema, da filantropia e do design.

Criados em colaboração fom a Fundação da família Diller-von Furstenberg, os prêmios DVF têm como objetivo reconhecer e homenagear as mulheres que se destacam por sua liderança e fazem a diferença tanto local quanto globalmente.

As granhadoras receberam 50 mil dólares de apoio às suas organizações e a seus esforços nos serviços públicos.

Betancourt foi homenageada por sua luta sem trégua contra as violações dos direitos humanos internacionais.

Também receberam prêmios a afegã Sadiqa Basiri Saleem, a ex-ministra de Comércio haitiana Danielle Saint-Lot, e a americana Katherine Chon, que fundou uma organização que tem como missão combater o tráfico de seres humanos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h40

    0,55
    3,275
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h45

    -1,98
    61.398,09
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host