UOL Notícias Notícias
 

15/03/2010 - 06h32

Coalizão de direita deve dominar novo Congresso da Colômbia

A coalizão de direita que governa a Colômbia deve dominar o novo Congresso, que substituirá o atual Parlamento, muito questionado pelas investigações de um terço dos membros por supostas ligações com paramilitares de ultradireita.

A apuração das eleições de legislativas de domingo é muito lenta, ao que tudo indica por graves problemas de comunicação entre os centros de votação e Bogotá.

O Partido Social de Unidade Nacional (Partido da U), criado para a candidatura à reeleição do presidente Alvaro Uribe em 2006 e que terá como candidato à presidência este ano o ex-ministro da Defesa Juan Manuel Santos, liderava as votações para o Senado, com 24,75% dos votos, após a apuração de 81,75% das urnas.

Em segundo lugar aparece o Partido Conservador, com 21,69%, e em terceiro o opositor Partido Liberal (social-democrata), com 16,4%.

Na Câmara de Representantes, a apuração é de apenas 29% das urnas, mas segundo os resultados parciais os partidos governistas também aparecem nos primeiros lugares.

O índice de abstenção ficou abaixo de 60%.

Os resultados são importantes para as eleições de 30 de maio, quando acontecerá o primeiro turno da votação para eleger o sucessor de Uribe, que por decisão da Corte Constitucional não poderá concorrer a um terceiro mandato consecutivo de quatro anos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host