UOL Notícias Notícias
 

15/03/2010 - 10h00

Ministro alemão comenta possível expulsão de países da zona euro

O ministro alemão das Finanças mencionou nesta segunda-feira a ameaça de expulsão da zona euro como último recurso contra um país que não conseguir equilibrar as finanças públicas.

"Precisamos de regras mais rígidas, o que significa, em último caso, ter a possibilidade de retirar da zona euro um país que não consiga colocar em ordem em suas finanças", declarou Wolfgang Sch¤uble em uma entrevista ao jornal Bild Zeitung.

Sch¤uble, do Partido Conservador da chanceler Angela Merkel, também voltou a defender a necessidade de criação de um Fundo Monetário Europeu (FME), por considerar que as regras para os 16 países que adotaram o euro como moeda, o Pacto de Estabilidade e de Crescimento, não permitem enfrentar a crise atual.

"Nós precisamos de um FME porque faltam regras mais exigentes. O Pacto de Estabilidade não é suficiente. Na época ninguém pensava que um país da zona euro pudesse quebrar", afirmou ministro.

Os ministros das Finanças discutirão nesta segunda-feira em Bruxelas as modalidades de um eventual plano de apoio financeiro à Grécia, afetada por uma gigantesca dívida pública.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h59

    -0,48
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h01

    -0,35
    75.339,20
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host