UOL Notícias Notícias
 

17/03/2010 - 21h01

Obama descarta crise entre EUA e Israel

O presidente americano, Barack Obama, afirmou nesta quarta-feira que não há crise nas relações entre Estados Unidos e Israel, apesar das divergências nos últimos dias sobre a construção de novas residências no leste de Jerusalém.

Obama respondeu "não" ao ser questionado pela Fox News sobre se havia uma crise entre os dois aliados, depois de Israel anunciar a construção de 1.600 novas casas em Jerusalém Oriental, durante a visita do vice-presidente americano, Joe Biden.

"Nós e o povo israelense temos um elo especial que não vai se desfazer", acrescentou.

"Mas amigos às vezes discordam... Há um desacordo sobre como fazer avançar este processo de paz", disse, convocando convocou israelenses e palestinos a "dar passos para assegurar que nós consigamos reconstruir a confiança".

Obama destacou que o anúncio, feito na semana passada, sobre a construção de novas casas para colonos israelenses foi obra do Ministério do Interior de Israel e que o premier, Benjamin Netanyahu, se desculpou pelo ocorrido.

O presidente disse que seu governo condenou os atos de violência provocados pelos palestinos em Jerusalém oriental, nesta terça-feira.

"O que precisamos agora é que os dois lados reconheçam que é do seu interesse fazer este processo de paz avançar", acrescentou.

A secretária de Estado americana, Hillary Clinton, dirige-se a Moscou para participar de um encontro internacional do Quarteto sobre as negociações de paz no Oriente Médio.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h08

    -0,01
    63.248,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host