UOL Notícias Notícias
 

17/03/2010 - 14h24

Pedidos para congelar construções 'não são razoáveis' diz chanceler de Israel

Os pedidos feitos pela comunidade internacional de congelar a colonização judaica em Jerusalém Oriental "não são razoáveis", declarou o ministro israelense das Relações Exteriores, Avigdor Lieberman, em uma coletiva de imprensa ao lado da alta comissária da União Europeia (UE) das Relações Exteriores, Catherine Ashton.

"O pedido feito para impedir que os judeus construam em Jerusalém Oriental não é razoável", insistiu Lieberman.

"Acredito que essa solicitação é, em muitos aspectos, uma chance para a comunidade internacional atacar Israel, pressionar e pedir coisas que não são razoáveis", disse Lieberman, líder do partido ultranacionalista Israel Beiteinou.

A visita de Ashton a Israel e aos territórios palestinos ocorre em meio a grandes tensões político-religiosas em Jerusalém Oriental e de crise diplomática entre Israel e Estados Unidos.

gr-agr/cyj/arz/zm/ma

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host