UOL Notícias Notícias
 

18/03/2010 - 11h28

Atum vermelho: a CITES rejeita suspender a comercialização

A conferência da Convenção sobre o Comércio Internacional de Espécies Ameaçadas da Fauna e da Flora Silvestres (CITES) rejeitou nesta quinta-feira, em Doha, a proposta de Mônaco, destinada a suspender o comércio de atum vermelho no leste do Atlântico e no Mediterrâneo.

O principado de Mônaco havia proposto inscrever a espécie, de alto valor comercial, no Anexo I da CITES para proibir sua negociação internacional e proteger sua população, vítima da pesca abusiva.

O Japão, principal consumidor de "thunnus thynnus", que se opunha à medida, recebeu amplo apoio de países em desenvolvimento.

A proposta foi rechaçada por 68 votos. Vinte participantes votaram a favor e 30 se abstiveram.

Uma proposta europeia, que previa uma futura inscrição do atum vermelho no Anexo I, também foi rejeitada por 72 votos a 43 e 24 abstenções.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host