UOL Notícias Notícias
 

18/03/2010 - 10h59

Ban Ki-moon condena disparo de foguete contra sul de Israel

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou o ataque com foguete praticado por um grupo salafista de Gaza ligado à Al-Qaeda que matou um trabalhador agrícola no sul de Israel nesta quinta-feira, indicou o porta-voz de Ban.

"O secretário-geral condena o ataque com foguete praticado a partir de Gaza, que matou um civil em Israel", disse Martin Nesirky, citado em um comunicado proveniente de Moscou, onde Ban participará da reunião do Quarteto sobre o Oriente Médio na sexta-feira.

"Os atos de terror e de violência desta ordem contra os civis são totalmente inaceitáveis e contrários às leis internacionais", acrescenta o comunicado.

A Brigada Ansar al-Sunna, grupo salafista de Gaza ligado à Al-Qaeda, reivindicou "a autoria do ataque contra (a cidade israelense) de Ashkelon com um foguete 'Jayber' nesta quinta-feira às 11h24", em um comunicado.

O foguete matou um trabalhador agrícola estrangeiro, tailandês segundo a imprensa israelense, no kibutz Netiv Ha'assera, situado a poucos quilômetros da fronteira norte da Faixa de Gaza, segundo o Exército israelense.

O disparo de foguete ocorreu no momento em que a alta representante da União Europeia para as Relações Exteriores Catherine Ashton chegava a Gaza para uma breve visita oficial.

Foi o terceiro foguete disparado em direção a Israel a partir do enclave palestino dominado pelo Hamas desde quarta-feira à noite, segundo o Exército.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h59

    -0,23
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h09

    -0,28
    75.763,44
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host