UOL Notícias Notícias
 

18/03/2010 - 16h34

Peru: novo ministro presta juramento após escândalo do indulto

O presidente do Peru, Alan García, ouviu, nesta quinta-feira o juramento do novo ministro da Justiça, Victor García Toma, em uma cerimônia realizada no Palácio do Governo, em meio ao escândalo do indulto concedido a um empresário de televisão, condenado por corrupção, que fugiu logo depois.

García Toma substituiu Aurelio Pastor, demitido do cargo na terça-feira depois de se negar a renunciar, dias depois de o presidente peruano ter revogado o indulto que beneficiou o empresário José Enrique Crousillat.

Pastor, um parlamentar da situação, defendeu até o final de sua gestão o polêmico indulto, concedido em dezembro de 2009 por "razões humanitárias".

O novo ministro pertence ao partido governista Aprista (social-democrata), assim como seu antecessor, e presidiu em 2006 o Tribunal Constitucional. García Toma será o quarto ministro de Justiça do governo de Alan García, no poder desde julho de 2006.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host