UOL Notícias Notícias
 

19/03/2010 - 20h04

Alemanha: arcebispo é acusado de encobertar pedofilia

O chefe do episcopado alemão, o arcebispo Robert Zollitsch, foi acusado nesta sexta-feira por uma vítima de abusos sexuais de ter "encoberto" um ex-sacerdote pedófilo, ao ter esperado que as suspeitas contra ele se confirmassem antes de advertir a procuradoria nos anos 1990.

Em uma reportagem de televisão que deve ser divulgada na segunda-feira, citada pela rede pública SWR esta noite, uma vítima de abusos sexuais, hoje com 38 anos, acusa o arcebispo Zollitsch de ter "dissimulado e encoberto", em sua qualidade de ex-responsável pelo pessoal na diocese de Friburgo, um caso de abuso sexual cometido por um sacerdote nos anos 1980/90.

Questionado pela AFP, o porta-voz do arcebispado de Friburgo, Robert Eberle, qualificou essa versão de "sem fundamento", afirmando que os responsáveis da época "atuaram de forma consequente e muito rapidamente".

O sacerdote incriminado aposentou-se antes que as suspeitas que pesavam contra ele se confirmassem, completou o porta-voz.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host