UOL Notícias Notícias
 

19/03/2010 - 10h00

Israel: declaração do Quarteto distancia chance de acordo de paz

A declaração do Quarteto para o Oriente Médio, que insta Israel a pôr fim à colonização de territórios palestinos e defende um acordo em 24 meses, deixa mais distantes as chances de um acordo de paz, afirmou o chanceler israelense, Avigdor Lieberman, citado por seu gabinete.

"A paz não pode ser imposta artificialmente por um calendário irrealista", disse Lieberman em uma mensagem à comunidade judaica de Bruxelas.

"Este tipo de declaração apenas compromete as chances de alcançar um acordo", acrescentou.

O Quarteto para o Oriente Médio -formado por Estados Unidos, Rússia, União Europeia e ONU-, reunido nesta sexta-feira em Moscou, pediu a Israel que "cesse" todas as atividades de colonização na Cisjordânia e em Jerusalém Oriental.

Também manifestou o desejo de que as negociações entre Israel e a Autoridade Palestina levem a um acordo no prazo de 24 meses, assumindo a proposta adiantada em janeiro pelo negociador americano George Mitchell.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    11h19

    0,10
    3,282
    Outras moedas
  • Bovespa

    11h26

    0,84
    63.790,20
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host