UOL Notícias Notícias
 
21/03/2010 - 16h15

Trinta pessoas presas durante manifestação pró-soldado do WikiLeaks

WASHINGTON, 21 Mar 2011 (AFP) -Cerca de 30 pessoas foram detidas no domingo durante uma manifestação perto da base americana onde está preso Bradley Manning, o soldado acusado de ter repassado ao site Wikileaks milhares de documentos confidenciais dos Estados Unidos, denunciou Kevin Zeese, advogado da associação Rede de Apoio a Bradley Manning.

Cerca de 400 manifestantes se reuniram fora da base militar de Quantico, Virgínia, onde o jovem soldado se encontra preso, informou nesta segunda-feira o Washington Post.

Entre os detidos se encontra Daniel Ellsberg, autor do famoso vazamento dos chamados "Papeis do Pentágono" durante a guerra do Vietnã, assim como Ann Wright, coronel do exército reformada, conhecida por sua oposição à invasão do Iraque em 2003, segundo os organizadores.

Bradley Manning, de 23 anos, está preso desde julho de 2010 por ter trasmitido ao WikiLeaks milhares de documentos secretos americanos. Foi acusado de "conluio com o inimigo" e poderá ser condenado à prisão perpétua.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,22
    3,142
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    0,67
    70.477,63
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host