UOL Notícias Notícias
 

22/03/2010 - 14h44

Clinton e Bush visitam o Haiti para supervisionar reconstrução

Os ex-presidentes americanos Bill Clinton e George W. Bush visitam o Haiti nesta segunda-feira para assegurar que o mundo não esqueceu o país dez semanas depois do violento terremoto que destruiu a nação mais pobre do continente.

Os enviados americanos deverão reunir-se com o presidente haitiano, René Preval, e planejam observar em primeira mão a situação em alguns dos campos de refugiados onde centenas de milhares de sobreviventes correm risco diante da aproximação da temporada de chuvas e furacões.

Os ex-presidentes lideram o Fundo Clinton Bush para o Haiti, uma organização de ajuda criada depois do terremoto de 12 de janeiro que destruiu grande parte de Porto Príncipe, matando ao menos 220.000 pessoas e deixando outras 1,3 milhão desabrigadas.

Os dois foram convocados pelo presidente americano, Barack Obama, para liderar uma campanha de recolhimento de fundos, supervisionar a reconstrução de longo prazo e a ajuda ao país.

O presidente haitiano havia convidado todos os haitianos a fazer parte da reconstrução. "A conferência de nossos parceiros em 31 de março, em Nova York, deve ser uma oportunidade de voltar a dizer ao mundo inteiro que a reconstrução do país deve ser antes de mais nada um esforço nacional, um processo haitiano", declarou Preval no domingo, no encerramento de um fórum do setor privado sobre a reconstrução.

A ONU convocou uma reunião de países doadores em 31 de março na sede da organização.

As necessidades do país são estimadas em 12 bilhões de dólares em um documento intitulado Plano Nacional de Avaliação Pós-Desastre (PNDA), preparado por especialistas internacionais e haitianos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h10

    0,12
    3,269
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h15

    -0,49
    63.768,96
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host