UOL Notícias Notícias
 

25/03/2010 - 23h04

Venezuela: presidente da Globovisión é solto

O presidente da TV Globovisión, Guillermo Zuloaga, foi solto no início da noite desta quinta-feira, por decisão de um tribunal de Caracas, mas permanece proibido de sair do país, informaram seus advogados.

Zuloaga foi detido hoje por volta do meio-dia, por determinação da Justiça, que considerou que o empresário, acusado de difundir informação falsa e ofender o presidente Hugo Chávez, poderia fugir do país.

O 40º tribunal de Caracas decretou uma medida cautelar contra Zuloaga proibindo "sua saída do país", explicou a advogada Perla Jaimes, que apresentará apelação.

Zuloaga foi notificado da ordem de prisão quando se preparava para viajar a Bonaire, nas Antilhas Holandesas, a partir da cidade de Punto Fijo.

O presidente da Globovisión disse no final de semana passado, em entrevista em Aruba, nas Antilhas Holandesas, que Chávez foi o responsável pela morte de venezuelanos durante a tentativa de golpe de Estado contra seu governo, em 2002.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,12
    3,283
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,05
    63.226,79
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host