UOL Notícias Notícias
 

26/03/2010 - 00h06

Obama enfrenta protestos em Iowa por reforma da saúde

A divisão dos americanos em relação à reforma do sistema de saúde nos Estados Unidos, aprovada no domingo passado, ficou clara nesta quinta-feira em Iowa, onde o presidente Barack Obama enfrentou protestos mas também recebeu apoio pela medida.

Partidários de Obama, incluindo muitos voluntários da campanha à presidência, foram em massa à Universidade de Iowa para festejar a vitória da reforma do sistema de saúde, mas do lado de fora do auditório, centenas de pessoas protestaram para repudiar a medida.

"Já era hora, estou muito orgulhoso do nosso presidente e do nosso Congresso", disse Rae Dvorsky, 63 anos, partidário de Obama, enquanto fora do auditório a multidão exibia cartazes com frases como: "Deus perdoe Obama" ou "Presidente Obama, ditador".

"O governo deve ter um papel limitado, com isto (a reforma) violaram completamente a Constituição", disse um manifestante contrário ao presidente.

Iowa ajudou Barack Obama a realizar seu sonho de chegar à Casa Branca: foi lá que iniciou o caminho, em janeiro de 2008, para derrotar a favorita Hillary Clinton nas primárias democratas.

O Estado também se voltou a favor de Obama nas eleições presidenciais de novembro, quando derrotou o candidato republicano, John McCain.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host