UOL Notícias Notícias
 

27/03/2010 - 08h20

Carta-bomba explode em Milão e carta ameaça Berlusconi

Uma carta com ameaças acompanha de uma bala e dirigida ao presidente do governo italiano Silvio Berlusconi foi interceptada neste sábado em um subúrbio de Milão, norte da Itália, onde uma carta-bomba feriu levemente um carteiro.

"Você vai terminar como um rato ", dizia a carta anônima enviada da agência de correios de Linate, subúrbio de Milão, ao domicílio de Berlusconi.

A carta continha ainda desenhos de pessoas sob as quais figurava nome de quatro dirigente do Partido do Povo da Liberdade (PDL), o partido de Berlusconi.

Em outra agência de correios de Milão, a explosão de uma carta-bomba feriu levmente um funcionário.

O envio dessa carta-bomba, que continha ameaças contra o ministro do Interior, Roberto Maroni, foi reivindicado pela Federação Anarquista Informal (FAI).

"No envelope havia uma folha em que se dizia: 'estupra-se nos centros de identificação de estrangeiros. Maroni é cúmplice'".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host