UOL Notícias Notícias
 

06/04/2010 - 19h11

Hillary diz que ameaça de terrorismo nuclear é 'muito real'

A possibilidade de que redes extremistas consigam ter acesso a material atômico faz com que o "terrorismo nuclear" seja uma ameaça "muito real", afirmou nesta terça-feira a secretária americana de Estado, Hillary Clinton, poucos dias antes de uma conferência em Washington sobre o tema.

"A ameaça do terrorismo nuclear é, lamentavelmente, muito real. Permanentemente vemos como as redes terroristas tentam obter materiais nucleares literalmente no mundo todo", disse Clinton a diplomatas de vários países reunidos no Departamento de Estado.

A secretária ainda enfatizou que "as autoridades de todos os países devem resistir à ameaça do terrorismo nuclear fomentado por redes extremistas que não têm consciência nem preocupação com a vida".

Nesse contexto, a participação de mais de 40 chefes de Estado e de Governo na conferência sobre segurança nuclear, que será realizada nos dias 12 e 13 de abril em Washington, é "particularmente importante", acrescentou a secretária de Estado.

O presidente Barack Obama apresentou nesta terça-feira a nova doutrina nuclear dos Estados Unidos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,45
    3,141
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -0,39
    64.684,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host