UOL Notícias Notícias
 

07/04/2010 - 20h10

EUA suspendem voos de sua base militar no Quirguistão

Os voos da base militar americana no norte da capital do Quirguistão foram suspensos depois que as autoridades fecharam o aeroporto, em meio a manifestações contra o governo, afirmou um oficial nesta quarta-feira à AFP.

A base de Manas, que serve tanto às aeronaves militares americanas como para voos comerciais, foi fechada às 20h local (11h de Brasília), afirmou o oficial, que preferiu não ter o nome divulgado.

Segundo a fonte, a expectativa é de que as pistas sejam reabertas às 8h00 local de quinta-feira.

Opositores ao presidente quirguiz Kurmanbek Bakiyev tomaram o poder nesta quarta-feira, depois de um dia de violência que deixou ao menos 47 mortos em distúrbios e confrontos com a polícia e que terminaram com a fuga de Bakiyev da capital deste estratégico país da Ásia central.

A base é crucial para os esforços de guerra americanos no Afeganistão, pois de lá aviões americanos transportam soldados, bem como combustíveis e armas para as forças da Otan que combatem os talibãs.

"Vamos trabalhar para aliviar este volume (de voos) assim que a base aérea for reaberta", acrescentou o oficial.

No ano passado, o Quirguistão ameaçou fechar a base após receber uma promessa de mais de um bilhão de dólares em ajuda e empréstimos de Moscou, o que muitos disseram ser um sinal do incômodo russo com a presença militar americana na região.

Finalmente, Bishkek concordou em manter a base americana aberta depois que Washington mais que triplicou o valor do aluguel pago para usar Manas.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h49

    1,49
    3,306
    Outras moedas
  • Bovespa

    13h00

    -1,85
    61.481,90
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host