UOL Notícias Notícias
 

09/04/2010 - 08h20

Igreja Católica norueguesa recebeu informações sobre novos abusos sexuais

A Igreja Católica norueguesa recebeu grande quantidade de informações sobre possíveis novos casos de abusos sexuais dentro da instituição desde a revelação de um primeiro escândalo de pedofilia na quarta-feira, declarou nesta sexta-feira o principal bispo norueguês ao jornal Verdens Gang.

"Recebi por e-mail uma quantidade tão grande de informações sobre possíveis agressões e outros abusos sexuais que o computador ficou bloqueado", declarou Bernt Eidsvig ao diário popular norueguês.

O bispo de Oslo e Trondheim, que na quarta-feira havia revelado a pedido do Vaticano que Georg Müller, um de seus ex-bispos, havia abusado de um coroinha no começo dos anos 90, deverá conceder ao meio-dia em Oslo uma entrevista coletiva à imprensa.

Segundo o Verdens Gang, que cita suas próprias fontes de investigação, outros nove casos de abusos sexuais na Igreja Católica foram apresentados nos últimos dias.

"Agora a Igreja Católica deve investigar para determinar se são assuntos que ainda não eram conhecidos", indica o jornal.

A Igreja Católica norueguesa, que teve conhecimento de três casos de pedofilia além do caso Müller, está disposta a cooperar com a justiça do país escandinavo e pretende abrir seus "arquivos secretos", onde há informações sensíveis sobre seus sacerdotes, segundo Eidsvig.

"Vou entrar em contato com a Promotoria e dizer o que sei, e pedir conselhos. Se recomendarem uma investigação externa (fora da Igreja) estou aberto", disse o bispo, citado pelo Verdens Gang.

Perguntado sobre a divulgação dos arquivos confidenciais, respondeu: "veremos quando a Promotoria se pronunciar".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    1,02
    3,178
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,90
    67.976,80
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host