UOL Notícias Notícias
 

09/04/2010 - 07h47

'Não será possível escapar de reformas impopulares' na Europa (presidente da UE)

A sobrevivência do modelo europeu passa por "medidas impopulares" das quais não haverá como "escapar", embora o "populismo reinante" torne difícil a adoção dessas medidas, disse o presidente da União Europeia (UE), Herman van Rompuy, em declarações concedidas ao El País desta sexta-feira.

"O modelo europeu não pode sobreviver sem um crescimento econômico mais forte. Nem a Europa pode desempenhar um papel no mundo sem mais força econômica", afirmou Van Rompuy.

"O grande perigo é o populismo reinante e, em consequência, a falta de compromisso europeu. O populismo torna difícil adotar as medidas que devem ser adotadas para o futuro da Europa. Quando vejo a agenda econômica, as reformas necessárias, os desafios orçamentários... vejo que estamos obrigados a tomar medidas impopulares", acrescentou.

"Não será possível escapar de reformas impopulares nos próximos anos", concluiu Van Rompuy, sem indicar de que consistem.

A recuperação econômica da Zonda do Euro iniciada no terceiro trimestre de 2009 foi paralisada nos três meses seguintes, quando foi registrado um crescimento nulo no bloco de 16 países que possuem a moeda única, indicou na quarta-feira passada a Eurostat.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host