UOL Notícias Notícias
 

10/04/2010 - 10h43

A morte do presidente Kaczynski é uma grande perda para o mundo (Obama)

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, considerou neste sábado que a morte do presidente polonês Lech Kaczynski, num acidente de avião, é "devastadora para a Polônia, os Estados Unidos e o mundo", expressando seu pesar às autoridades polonesas.

"Telefonei ao primeiro-ministro (Donald) Tusk para lhe transmitir nossas condolências, de Michelle e minhas, ao povo polonês", disse o presidente americano em comunicado.

Segundo ele, Kaczynski "foi um estadista que desempenhou um papel importante no movimento Solidariedade, muito admirado nos Estados Unidos enquanto dirigente devotado à liberdade e à dignidade do homem". O fato de a delegação polonesa se dirigir a Katyn para lembrar o massacre de oficiais poloneses há 70 anos "é um testemunho da força do povo polonês".

"Hoje, a América com grande pesar", escreveu Barack Obama celebra "seus profundos e respeitosos vínculos" com a Polônia.

"Nossos penssamentos e nossas preces estão dirigidas à família Kaczynski, e às dos que morreram no trágico acidente de avião, e à nação polonesa", prosseguiu.

Obama também prestou homenagem aos "numerosos dirigentes civis e militares que contribuíram para desenhar a exuberante transformação democrática da Polônia".

O legado de Lech Kaczynski e dos que morreram com ele "será uma luz que continuará a guiar os destinos da Polônia - e do mundo - em direção ao progresso humano", concluiu.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,73
    3,144
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,00
    65.010,57
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host