UOL Notícias Notícias
 

12/04/2010 - 06h47

Governo de Kandahar acusa Otan por morte de civis

O governo da província de Kandahar acusou nesta segunda-feira a Otan de ter matado quatro civis, entre eles uma mulher e uma criança, ao abrir fogo contra um ônibus que se aproximou de um comboio militar estrangeiro no sul do Afeganistão.

Outras 18 pessoas foram feridas e 12 foram hospitalizadas, de acordo com o governo de Kandahar.

O incidente aconteceu em uma das principais rodovias de Kandahar, informa um comunicado oficial.

O ônibus baleado circulava no sentido contrário ao comboio da Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf) da Otan.

Em geral, os comboios blindados da Isaf transitam com um cartaz que previne outros veículos para que não se aproximem dos militare.

"Estamos a par de um incidente que deixou vítimas civies esta manhã na província de Kandahar", disse à AFP, sem apresentar mais detalhes, um porta-voz da Isaf.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,02
    3,136
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,02
    75.974,18
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host