UOL Notícias Notícias
 

12/04/2010 - 08h46

Piloto do avião do presidente polonês havia recebido alerta de mau tempo

Corpo da primeira-dama
da Polônia é identificado

Dois dias após o acidente que matou o presidente da Polônia, Lech Kaczynski, e outras 95 pessoas, o corpo da primeira-dama Maria Kaczynska foi identificado. O presidente interino, Bronislaw Komorowski, que ocupava a chefia do Parlamento, começa a anunciar nomeações para substituir os cargos deixados vagos pelas vítimas do acidente.

Os dados do voo confirmaram que a tripulação do avião presidencial polonês que caiu no sábado perto de Smolensk, Rússia, havia recebido um alerta de mau tempo, declarou nesta segunda-feira o vice-primeiro-ministro russo Serguei Ivanov.

Todos os dados relativos ao voo estão intactos, confirmou ainda Ivanov.

Por sua parte, o primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, prometeu nesta segunda-feira uma investigação objetiva e completa sobre a catástrofe aérea na qual morreram 96 pessoas, incluindo o presidente Lech Kaczynski e outros altos dignitários do governo e do Estado.

"É evidente que vamos fazer tudo que é necessário para que a investigação seja objetiva e completa", afirmou Putin em uma reunião de ministros em Moscou.

"Todas as causas desta catástrofe aérea serão reveladas", acrescentou, dizendo ainda que a Rússia compartilha da tristeza dos poloneses.

As autoridades russas excluem que um problema técnico tenha provocado a catástrofe e assinalaram que os pilotos poloneses ignoraram as ordens da torre de controle, que queria desviar o avião para outro aeroporto por causa do mau tempo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    0,59
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h21

    -1,54
    61.673,49
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host