UOL Notícias Notícias
 

12/04/2010 - 15h19

Prefeito pede retirada de monumento fálico antes da visita do Papa

  • Colonna Mediterranea, escultura de Paul Vella Critien, em Luqa

    "Colonna Mediterranea", escultura de Paul Vella Critien, em Luqa

O prefeito de uma cidade próxima do aeroporto internacional de Malta pediu nesta segunda-feira a retirada de um monumento que evoca a forma de um pênis, para não ofender o Papa Bento XVI, que realiza visita à ilha no próximo final de semana.

Para John Schembri, prefeito de Luqa, a obra "vergonhosa, vulgar, obscena e embaraçante" deverá ser retirada "em sinal de respeito".

O monumento, batizado Coluna Mediterrânea, é assinado pelo escultor e ceramista Paul Vella Critien, que instalou outros similares na Alemanha, na Itália e na Austrália, em Melbourne e Sydney.

Desde a instalação da coluna turquesa mesclada de verde, vermelho e amarelo, num cruzamento da entrada da cidade, em janeiro de 2006, numerosos habitantes da ilha, de maioria católica, expressaram queixas.

Para o escultor, a coluna de vanguarda, mas inspirada na antiguidade egípcia, "aponta para a eternidade".

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    12h29

    -0,56
    3,127
    Outras moedas
  • Bovespa

    12h39

    -0,06
    75.558,60
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host