UOL Notícias Notícias
 

13/04/2010 - 21h08

Obama assina decreto que congela bens de radicais islâmicos somalis

O presidente americano, Barack Obama, assinou esta terça-feira um decreto no qual congela todos os bens nos Estados Unidos de membros de um grupo radical islâmico "que contribui para o conflito na Somália".

Obama escreveu na norma que "declarou emergência nacional para lidar com a ameaça incomum e extraordinária para a segurança nacional e a política externa dos Estados Unidos trazida por este conflito".

Ele disse que a medida, que nomeou 11 indivíduos e a milícia radical shebab, não "se dirigia a toda a Somália, ao contrário, era dirigida àqueles que ameaçam a paz e a estabilidade na Somália".

Situada no Chifre da África, a Somália sofre com uma guerra civil sem trégua desde a deposição, em 1991, do presidente Mohamed Siad Barre.

A maior parte do país é controlada pela milícia shebab, que apóia a ala wahabi, a mais conservadora do Islã.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h49

    0,29
    3,276
    Outras moedas
  • Bovespa

    16h54

    1,24
    63.437,52
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host