UOL Notícias Notícias
 

13/04/2010 - 19h13

Obama se reúne com Lula e Erdogan para defender sanções contra o Irã

O presidente americano Barack Obama se reuniu nesta terça-feira com seu colega brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva e com o primeiro-ministro turco Recep Tayyip Erdogan, que demonstram reticências em punir o Irã para que o país interrompa seu programa nuclear.

Em 15 minutos, Lula e Erdogan apresentaram a Obama argumentos contra as sanções, pedindo ao presidente dos Estados Unidos mais tempo para uma solução do problema nuclear iraniano.

Um encontro breve entre Obama com Lula e Recep Erdogan (Turquia) baseou-se "exclusivamente no Irã", informou o chanceler Celso Amorim.

O Brasil e a Turquia são membros não permanentes do Conselho de Segurança, onde os Estados Unidos pretendem que sejam aprovadas nas próximas semanas novas sanções contra o governo de Teerã, ao qual acusa de tentar desenvolver armamentos nucleares.

"Foi um encontro franco e sincero", acrescentou.

"Não posso dizer que o presidente Obama tenha assumido algum compromisso, mas ele não disse que não adianta tentar", afirmou Celso Amorim.

O Líbano é o terceiro membro não-permanente do Conselho oposto às sanções.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    09h39

    -0,01
    3,129
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h35

    0,04
    76.004,15
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host