UOL Notícias Notícias
 

14/04/2010 - 18h37

Parapolítica: Corte Suprema da Colômbia começa a julgar dois ex-parlamentares

A Corte Suprema de Justiça da Colômbia começou a julgar dois ex-congressistas, acusados de vínculos com grupos paramilitares.

Os ex-parlamentares acusados são Odín Horacio Sánchez Montes de Oca e Edgar Eulises Torres Murillo, do departamento (província) de Chocó, no noroeste do país.

"Os ex-representantes da Câmara são investigados por seus vínculos prováveis com o bloco â??Élmer Cárdenasâ?? das Autodefesas (Unidas de Colombia), conforme informações dadas pelo ex-comandante dessa organização, Fredy Rendón Herrera, mais conhecido como â??O Alemãoâ??, informou a Corte em comunicado.

Segundo os relatórios, estes ex-parlamentares teriam recebido "apoio econômico e logístico" do grupo paramilitar, desde 1998 até antes de sua desmobilização, precisou o tribunal.

Tanto Sánchez quanto Torres estão presos desde 2009 na penitenciária La Picota, de Bogotá. Sua detenção preventiva foi confirmada nesta quarta-feira pela Corte.

Até agora, 13 ex-parlamentares foram condenados na Colômbia por ligações com grupos paramilitares, e 70 políticos estão sob investigação.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host