UOL Notícias Notícias
 

16/04/2010 - 19h34

Justiça anula primeiro casamento entre mulheres na Argentina

A justiça argentina anulou nesta sexta-feira o primeiro casamento entre mulheres, celebrado no dia 9 de abril na cidade de Buenos Aires, indicou uma fonte judicial.

A juíza civil de primeira instância Martha Gómez Alsina acatou uma medida cautelar apresentada por um advogado e declarou nulo o casamento entre Norma Castillo e Ramona Areval.

A decisão foi conhecida apenas um dia depois da justiça declarar nulo, na província de Tierra del Fuego (sul), o matrimônio de Alex Freyre e José María Di Bello, celebrado no dia 28 de dezembro.

A sentença foi amparada no artigo 172 do Código Civil da Nação, que não inclui o matrimônio entre pessoas do mesmo sexo.

Freyre e Di Bello adiantaram que vão apelar contra a medida e que estão certos de que a Corte Suprema finalmente aprovará o casamento entre homossexuais.

Atualmente, uma comissão da Câmara dos Deputados debate um projeto, que será levado ao plenário nas próximas semanas, que tenta consagrar por lei os casamentos entre pessoas do mesmo sexo.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h58

    -0,53
    3,128
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    -0,28
    75.389,75
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host