UOL Notícias Notícias
 

16/04/2010 - 11h17

Justiça condena canal de TV por boatos sobre casal Sarkozy

O cantor francês Benjamin Biolay conseguiu nesta sexta-feira que a justiça condenasse o canal de televisão France 24 por "atentar contra sua vida privada", por ter repercutido os boatos de um suposto relacionamento dele com a primeira-dama da França, Carla Bruni.

O Tribunal de Primeira Instância de Paris condenou a France 24 a pagar 3.000 euros (4.000 dólares) por danos e prejuízos ao cantor e compositor de 37 anos.

Em 10 de março, o canal de notícias repercutiu o boato de um suposto caso entre Biolay e Bruni, casada há dois anos com o presidente francês Nicolas Sarkozy, citando notas publicadas na imprensa inglesa e suíça.

Biolay processou a emissora por invasão de privacidade e pedia 20.000 euros (27.000 dólares). A France 24 alegou o direito de informar em sua defesa.

Os boatos sobre o casal Bruni-Sarkozy ganharam destaque na imprensa, sobretudo estrangeiras, depois da publicação, mês passado, de um comentário em um blog no site do Journal du Dimanche (JDD).

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,31
    3,266
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,60
    62.662,48
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host