UOL Notícias Notícias
 

19/04/2010 - 11h36

Otan assegura que nuvem de cinzas não alterou operações na Europa

O secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen, assegurou nesta segunda-feira que a nuvem de cinzas vulcânicas que gerou um caos aéreo na Europa não alterou as operações da organização miliar, apesar de um oficial americano alertar para um impacto real do problema.

"Posso assegurar que as atividades do vulcão islandês não afetam em nada nossas operações ou a defesa dos territórios dos Estados membros da Aliança Atlântica. Nossas forças sempre tomarão as medidas necessárias para ser capazes de conduzir suas operações e fazer o necessário para a defesa do território dos EStados da Otan se manter intacta", declarou.

Um oficial americano informou nesta segunda-feira, em Bruxelas, que foram encontrados restos de vidro na turbina de um avião de combate F16 da Otan durante um voo na Europa ao ser indagado sobre o impacto da nuvem de cinzas vulcânicas na aviação militar.

"Foi detectado um processo de cristalização dentro dos motores de um aparelho, que não sofreu, no entanto, qualquer percalço", declarou o oficial.

A cinza vulcânica pode se transformar em vidro a altas temperaturas como, por exemplo, quando entra na turbina de um avião.

"É algo muito sério, que pode começar a ter um impacto real nas capacidades militares", acrescentou a fonte, que não quis ser identificada.

Ele explicou que a execução de vários exercícios militares previstos nos Estados Unidos foi limitada enquanto são estudados os efeitos da nuvem de cinzas nos aparelhos.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host