UOL Notícias Notícias
 

21/04/2010 - 07h34

Iata calcula perdas das companhias aéreas em 1,7 bilhão

O fechamento do espaço aéreo europeu pela erupção de um vulcão na Islândia provocou até o momento um lucro cessante de 1,7 bilhão de dólares às companhias aéreas, anunciou nesta querta-feira o presidente da Associação Internacional do Transporte Aéreo (Iata).

No momento de maior paralisação do tráfego, o fim de semana passado, as companhias deixaram de faturar 400 milhões de dólares diários, afirmou Giovanni Bisignani, presidente da Iata.

Ao lucro cessante se somam os custos das companhias para alojar, alimentar e, em alguns casos, transportar por outros meios os passageiros retidos, completou Bisignani, o que pode elevar ainda mais a fatura.

Bisignani pediu aos governos europeus que "assumam suas responsabilidades" e ajudem as companhias aéreas, "vítimas de um ato de Deus, contra o qual não podemos nada".

O tráfego era retomado gradualmente na Europa nesta quarta-feira, com a reabertura progressiva do espaço aéreo no continente.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -0,54
    3,265
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,36
    64.085,41
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host