UOL Notícias Notícias
 

22/04/2010 - 14h03

Equador propõe arrecadação mundial para estimular EUA a ratificar Kyoto

O governo equatoriano propôs, esta quarta-feira, durante a Cúpula do Clima alternativa, celebrada na Bolívia, impulsionar uma campanha de arrecadação mundial a favor dos Estados Unidos para que o país ratifique o Protocolo de Kyoto.

"Propomos fazer uma arrecadação mundial para que o governo dos Estados Unidos possa se animar a assinar este Protocolo, o único que o Equador reconhece em relação ao acordo climático", disse o chanceler equatoriano, Ricardo Patiño.

A autoridade destacou que o protocolo, firmado em 1997, é o marco para se buscar soluções a favor da natureza.

O chefe da diplomacia equatoriana disse que seu país já assumiu a determinação de oferecer a Washington 2,5 milhões de dólares, como resposta à decisão da Casa Branca de suspender a mesma quantia em assistência econômica porque Quito não aderiu às resoluções da conferência de Copenhague, no ano passado.

O chanceler Patiño participa do encerramento das delibrações da conferência climática mundial, à qual assistem, segundo La Paz, mais de 35.000 pessoas de 142 países e dos cinco continentes.

O encontro tem como finalidade que a sociedade civil elabore uma proposta para deter o aquecimento global, ante o fracasso da cúpula de Copenhague e ante a Conferência do México, prevista para o fim do ano.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    10h19

    0,27
    3,274
    Outras moedas
  • Bovespa

    10h22

    -0,72
    63.622,70
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host