UOL Notícias Notícias
 

22/04/2010 - 13h32

Netanyahu recusa-se a congelar colonização em Jerusalém

O primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu, reafirmou nesta quinta-feira sua oposição a qualquer tipo de congelamento da colonização em Jerusalém Oriental, no momento em que o emissário americano para o Oriente Médio, George Mitchell, realiza uma nova visita à região.

"Não haverá congelamento (das construções) em Jerusalem. Cada um sabe bem", declarou Netanyahu no segundo canal de televisão israelense.

"Há um perfeito acordo em relação à não existência de condições prévias às negociações", afirmou.

Mitchell, que chegou nesta quinta-feira a Israel, deve reencontrar sexta-feira dirigentes do Estado hebreu e palestinos, numa nova tentativa de relançar as negociações de paz entre as duas partes.

Siga UOL Notícias

Tempo

No Brasil
No exterior

Trânsito

Cotações

  • Dólar comercial

    16h59

    -1,03
    3,146
    Outras moedas
  • Bovespa

    17h20

    1,09
    68.714,66
    Outras bolsas
  • Hospedagem: UOL Host